SEMINÁRIOS

HISTORIOGRAFIA AFRICANA

Sala 124 da Universidade de Évora (Edifício do Colégio Espírito Santo)

7 de Dezembro de 2001

22 de Março de 2002

27 de Maio de 2002

            O Projecto Seminários de Historiografia Africana está estruturado de um modo praticamente inovador em relação ao que é habitual. O Núcleo de Estudos Sobre África do Centro Interdisciplinar de História, Cultura e Sociedades da Universidade de Évora apresenta este Projecto com o objectivo de reunir um conjunto de especialistas que desenvolvem a sua investigação em estudos históricos africanos num espaço e em diversos dias para permitir que, entre si e públicos multifacetados se possa diagnosticar o que, actualmente, se conhece sobre a historiografia dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

            O primeiro dia do Projecto Seminários de Historiografia Africana - dia 7 de Dezembro de 2001 -  fica assinalado com a Exposição Motivos Etnográficos de Moçambique e duas comunicações de investigadores abordarão o tema principal do Projecto interligando-o mesmo com a Exposição, num sub-tema que se intitula: Etnografia, Antropologia e História, contributos multidisciplinares para a historiografia sobre Moçambique.

            O segundo dia do Projecto Seminários de Historiografia Africana - dia 22 de Março de 2002 – reunirá um grupo de seis investigadores, em que três são figuras de renome no panorama da historiografia africana e outros três são doutorandos com trabalhos de investigação em processo. Assim, teremos três conferências e um painel de discussão em que os doutorandos partilharão entre si, com os especialistas e com a assistência, o estado dos seus conhecimentos relativamente à historiografia dos espaços em estudo. O sub-tema para este dia de trabalhos é o seguinte: Historiografias dos Espaços Africanos de Língua Oficial Portuguesa 

O terceiro dia do Projecto Seminários de Historiografia Africana - dia 27 de Maio de 2002 – reunirá um grupo de seis investigadores, em que três são figuras de renome no panorama da historiografia africana e outros três são doutorandos com trabalhos de investigação em processo (à semelhança do segundo dia). O Projecto encerrará com a Exposição Colectiva de Pintura Palavras Livres que ficará assinalada com um momento de poesia musicada, pela declamadora Elsa de Noronha. A exposição estará  aberta ao público até ao dia 24 de Junho. O sub-tema para este dia de trabalhos é o seguinte: Historiografias dos Espaços Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

Todas as conferências dos especialistas e as comunicações dos painéis serão publicadas e livro de Actas do Projecto Seminários de Historiografia Africana cuja publicação será posteriormente estudada com a Fundação da Ciência e Tecnologia e com o CIDEHUS.

PROGRAMA PROVISÓRIO

 Dia 7 de Dezembro de 2001

Sub-tema: Etnografia, Antropologia e História, contributos multidisciplinares para a historiografia sobre Moçambique

Local: Sala 124 do Colégio Espírito Santo (mesmo local da realização da 1ª Exposição: Imagens Etnográficas de Moçambique)

Apresentação: Este sub-tema resulta de uma aproximação metodológica ao ponto central a que é dedicado o primeiro dia do Projecto Seminários de Historiografia Africana: a Exposição  Motivos Etnográficos em Moçambique. Com o objectivo de se estabelecer uma ponte entre os temas dos Seminários e da Exposição, o sub-tema para o dia 7 de Dezembro pretende que os trabalhos se desenrolem à volta do que a Exposição nos mostra e do que os especialistas podem explicar sobre as peças e as imagens em si e sobre o desenvolvimento da historiografia moçambicana.

Actividades e horário:

15h – Inauguração do PROJECTO SEMINÁRIOS DE HISTORIOGRAFIA AFRICANA e da Exposição Motivos Etnográficos em Moçambique, com palavras de representantes da Universidade de Évora, do CIDEHUS, do NESA e das entidades que apoiaram o Projecto. A Exposição estará patente ao público até ao dia 15 de Dezembro.

16h – Apresentação da Exposição por Eduardo Medeiros (NESA/CIDEHUS)

16h30m – Apresentação do filme sobre Espaços Moçambicanos e Conferência por Joana Pereira Leite (ISEG)

17h  - Questões e debate

17h45m  – Porto de Honra

18h – Encerramento

Dia 22 de Março de 2002

Sub-tema: Historiografias dos Espaços Africanos de Língua Oficial Portuguesa 

Local: Anfiteatro 111 do Colégio Espírito Santo

Apresentação: Este sub-tema, que será também o do terceiro dia de seminários, pretende que cada um dos oradores apresente uma síntese do que se tem produzido no campo da investigação com vista à historiografia dos países africanos de língua oficial portuguesa. Para este dia pretende-se trabalhar as historiografias nas perspectivas de: Moçambique, Cabo Verde e S. Tomé.

As Conferências são proferidas por especialistas que fazem uma apresentação abrangente do sub-tema, direccionando-o para os três países acima mencionados.

O Painel permite que doutorandos apresentem percursos das suas investigações de modo a partilhar e discutir com especialistas e comunidade científica em geral vias de alargamento do conhecimento actual sobre o tema em desenvolvimento.

Dia 27 de Maio de 2002

Sub-tema: Historiografias dos Espaços Africanos de Língua Oficial Portuguesa

Local: Anfiteatro 111 do Colégio Espírito Santo

Apresentação: Este sub-tema, que dá continuidade ao do segundo dia de seminários, pretende que cada um dos oradores apresente uma síntese do que se tem produzido no campo da investigação com vista à historiografia dos países africanos de língua oficial portuguesa. Para este dia pretende-se trabalhar as historiografias nas perspectivas de: Angola e Guiné.

As Conferências são proferidas por especialistas que fazem uma apresentação abrangente do sub-tema, direccionando-o para os dois países acima mencionados.

O Painel permite que doutorandos apresentem percursos das suas investigações de modo a partilhar e discutir com especialistas e comunidade científica em geral vias de alargamento do conhecimento actual sobre o tema em desenvolvimento.

No final do dia será inaugurada a Exposição Colectiva de Pintura Palavras Livres, no espaço da sala 124 do Colégio do Espírito Santo. Nesta Exposição está prevista a presença dos pintores: Manuela Jardim (Guiné), David Levy Lima (Cabo-Verde), Eleutério Sanches (Angola), Litos Silva (S. Tomé e Príncipe), José Júlio (Moçambique). No momento da inauguração, a  declamadora Elsa de Noronha apresentará alguns poemas de poetas dos países africanos de língua oficial portuguesa, com acompanhamento musical. A Exposição estará aberta ao público até ao dia 24 de Junho de 2002.